Conteúdo

Equipe do TCM discute Improbidade Administrativa com juízes do Curso de Formação

Equipe do TCM discute Improbidade Administrativa com juízes do Curso de Formação

Na tarde desta quinta-feira (23/03), na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), servidores do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) ministraram uma palestra sobre Improbidade Administrativa para os 31 juízes que participam do V Curso de Formação Inicial de Magistrados.

Os servidores Bruno Caminha Scarano (Assessor Jurídico), Telma Maria Escóssio Melo (Diretora de Fiscalização) e André Alves Pinheiro (Inspetor) falaram sobre a atuação do TCM em atos e processos que envolvem improbidade administrativa, nas prefeituras e câmaras municipais, bem como sobre as ações preventivas, como cursos e palestras para dirigentes municipais.

Acompanhou a apresentação do pessoal do TCM a servidora daquela corte Sandra Valéria de Moraes Santos, Diretoria Executiva do Instituto Escola Waldemar Alcântara.

Presente à abertura da palestra, o Coordenador Geral da Esmec, juiz Ângelo Bianco Vettorazzi, explicou que os professores formadores (juízes Francisco Marcello Alves Nobre e Roberto Viana Diniz de Freitas) que estão ministrando a disciplina Ações de Improbidade Administrativa “sentiram a necessidade de apresentar aos magistrados do V Curso de Formação as situações práticas envolvendo a apuração de improbidades. Diante disso, convidamos servidores do TCM para discutir o trabalho desenvolvido por este Tribunal com a temática”.

André Alves, Bruno Scarano, juiz Roberto Diniz, Sandra Valéria, Telma Escóssio, juiz Ângelo Vettorazzi e juiz Marcello Nobre.