Conteúdo

O impacto da violência doméstica na sociedade será debatido dias 18 e 22 de março

Com o tema “Violência Doméstica”, o Sest Senat Fortaleza abre o seu Ciclo de Palestras de 2013, em seu auditório, nos dias 18 de março às 08h30min., e 15h e no dia 22 de março, às 15h. O evento, gratuito e aberto ao público em geral, tem o objetivo de estimular o debate de temas ligados à cidadania, saúde, educação profissional e qualidade de vida.
A violência, infelizmente, sempre foi um dos grandes problemas da nossa sociedade. No entanto, agressões e crimes ainda são cometidos com as mais diversas justificativas, buscando-se, assim, na família, um ponto de apoio e equilíbrio. Mas, e quando a violência nasce dentro de casa? Quando aqueles que deveriam proteger tornam-se os principais agressores? Todos esses assuntos e outros relacionados à questão, serão abordados pelo psicólogo do Sest/Senat, Alexandre Santiago, que, na ocasião, entregará aos participantes um DVD e cartilha da palestra.
Na ocasião, também serão abordadas as formas mais comuns de violência doméstica, tais como a física (que se dá pelo contato físico, utilizando o próprio corpo ou algum tipo de objeto ou arma que cause ou não lesões à vítima); a psicológica (ação ou a omissão com objetivo de atingir a auto- estima da vítima, prejudicando sua saúde mental e seu desenvolvimento pessoal); a sexual (quando o agressor obriga a vítima, sob ameaça ou com força física, a prática sexuais); negligência ou abandono (omissão da responsabilidade de uma membro da família sobre o outro, deixando de prover as necessidades e cuidados básicos) e a financeira ou econômica (implica em dano, subtração, destruição ou retenção de objetos, documentos pessoais, bens e valores da vítima).
O palestrante apresentará também os quatro principais casos de violência doméstica: Conjugal (violência praticada entre marido e esposa); Espancamento de Filhos; Maus-Tratos (tidos como violência e podem apresentar-se sob qualquer forma, seja ela física, sexual ou negligência) e por último, o Abuso Sexual de Crianças.
No Ceará, até agosto de 2012 o número de denúncias foi 10.693, com uma média de 49,7 boletins de ocorrência por dia. A média superou a do ano de 2011 no mesmo período, que era de 45,8 boletins por dia, totalizando 16.687 ocorrências, sendo que estes dados são somente de mulheres que resolveram denunciar esse tipo de crime.
A Lei 11.340/2006, mais conhecida coma a Lei Maria da Penha, que trata da violência praticada contra a mulher e traz como principais avanços o aumento da punição máxima, de 1 para 3 anos; proibição da pena pecuniária (pagamento de multas e cestas básicas), dentre outros, também será um dos assuntos abordados na palestra.

Serviço
Palestra: “Violência Doméstica”
Local: Auditório do SEST/SENAT
Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro
Data: 18/03 (08h30min., e 15h) e 22/03 (15h)
Informações: (85) 3304-4118
Entrada franca

(Com informações da assessoria de imprensa do Sest Senat)