Conteúdo

Nove artigos são aprovados para compôr Revista Themis 18.2: confira a lista

Nove artigos são aprovados para compôr Revista Themis 18.2: confira a lista

O periódico científico da Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará, Revista Themis, divulga a lista com os artigos aprovados para integrar o seu volume 18.2, referente ao segundo semestre de 2020. A lista de trabalhos está disponível abaixo:

LA NUEVA DIMENSIÓN DEL DERECHO DE FILIACIÓN EN EL ECUADOR: LA REALIDAD  DE LAS TÉCNICAS DE REPRODUCCIÓN ASISTIDA
Alba Guevara Bárcenes

O DIREITO FUNDAMENTAL AO TRABALHO NA CONSTITUIÇÃO FRANCESA
Alexandre Coutinho Pagliarini
Arthur Augusto Garcia

REMOÇÃO DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL E O DIREITO FUNDAMENTAL À BUSCA DA FELICIDADE: ANÁLISE CRÍTICA A PARTIR DAS HIPÓTESES DA LEI N. 8.112/90
Camila Facundo Lima
Ricardo Facundo Ferreira Filho

A IMPOSIÇÃO DO TELETRABALHO NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO CEARÁ DIANTE DO CENÁRIO DE PANDEMIA
Clarissa Gonçalves Brasil
Juliana Rodrigues Barreto Cavalcante
Nardejane Martins Cardoso

POR QUE OBEDECER A LEIS INJUSTAS? UM ESTUDO SOBRE A OBEDIÊNCIA EM THOMAS HOBBES E JOHN RAWLS
José de Anchieta Silveira

INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NO JUDICIÁRIO
Jovina d’Avila Bordoni
Luciano Tonet

A DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA DA EMPRESA PARA FINS DE RESPONSABILIZAÇÃO DE DIRIGENTES E ADMINISTRADORES POR DANOS CAUSADOS AO MEIO AMBIENTE
Luciana Cristina de Souza 
Clara Cordeiro Tupynambá Chaves

A EFETIVAÇÃO CONSTITUCIONAL DA ERRADICAÇÃO DA POBREZA A PARTIR DA DESTINAÇÃO GEOGRÁFICA DO FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA (FECOP)
Rafael Vieira de Alencar
Kimberly Ferreira Simplício

PROTEÇÃO INTEGRAL DA JUVENTUDE COMO PRECEITO CONSTITUCIONAL FRENTE À ALTERAÇÃO LEGISLATIVA: LEI 13.846/2019 NA PRESTAÇÃO DO BENEFÍCIO DE PENSÃO POR MORTE AOS ABSOLUTAMENTE INCAPAZES
Sônia Aparecida de Carvalho
Maykon Fagundes Machado 
Pâmela Vieira Mohr

Os trabalhos selecionados foram submetidos à banca de pareceristas e avaliados através do sistema “duplo cego” (double blind review). O periódico está classificado na categoria (única) B4 do Qualis referência, concedida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), considerando a área do Direito. Atualmente, o periódico vem cumprindo os critérios do qualis B1.