Conteúdo

Mês do Servidor terá programação especial de ações e palestras no TJCE

Mês do Servidor terá programação especial de ações e palestras no TJCE

A Secretaria de Gestão de Pessoas está programando durante todo o mês de outubro uma série de ações e palestras para celebrar o mês do servidor público. Este ano, visando proporcionar maior integração entre as categorias funcionais, o evento tem como tema “Somos Todos Servidores”.

Em 2016, como um reconhecimento aos trabalhadores do serviço público, a programação do mês do servidor homenageará postumamente o poeta Carlos Drummond de Andrade, que foi servidor público por quase 40 anos e o artista plástico Cândido Portinari, que retratou tão bem o trabalhador em suas obras.

A programação planejada vai do dia 4/10 ao dia 27/10 do corrente ano, incluindo ações de saúde, como oficinas de alimentação saudável e rodas de conversa com profissionais da área médica, desportiva e nutricional, planejadas pela Divisão de Saúde Ocupacional, além de uma série de palestras, roda de conversa literária e aula-espetáculo, planejadas pela Divisão de Educação Corporativa.

Haverá atividades na comarca de Fortaleza – tanto no Tribunal quanto no Fórum Clóvis Beviláqua –  e em algumas comarcas do interior do Estado.

Os palestrantes são servidores e convidados externos de reconhecida notoriedade em sua área de atuação. Conheça alguns dos palestrantes, convidados externos, que participarão da Semana do Servidor 2016:

haroldo-guimaraes2

Haroldo Guimarães

Haroldo Guimarães é advogado, ator, músico, professor universitário com Mestrado em Direito Constitucional (UFC) e vlogger (produtor de vídeo pessoal para internet). Atuou em Cine Holliúdy, um filme de comédia brasileiro de 2013, dirigido por Halder Gomes e estrelado por Edmilson Filho, Miriam Freeland e Roberto Bomtempo. O filme foi o primeiro no edital de longa-metragens de baixo orçamento do Ministério da Cultura do Brasil em 2009, sendo uma versão em longa-metragem do premiado curta Cine Holiúdy – O Astista Contra o Caba do Mal. Levou 481.203 espectadores ao cinema em 2013 e foi visto em 80 festivais de 20 países, ganhando 42 prêmios.

igor-paim

Igor Paim

Igor Paim é graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Ceará (2005) e especialista em Biotecnologia (2014). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino de Biologia seja em ensino médio ou superior. É também graduado em Direito (2012) pela Universidade Federal do Ceará. Mestre em Ensino de Ciências e Matemática com concentração em Biologia e dissertação em Educação Ambiental. Doutorando em Educação pela Universidade Estadual de São Paulo. Membro do efetivo e coordenador do Gteiabio / UFC (grupo que estuda Bioética, Biodireito e Ambiente). Trabalhou voluntariamente por alguns anos no IIPC – Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia, uma ONG de ensino, pesquisa e divulgação científica, na qualidade de colaborador, pesquisador e professor. É atualmente professor de Biologia e pesquisador do IFCE – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. 

joao-portinari2

João Cândido Portinari

Cândido Portinari é professor e escritor brasileiro. Único filho de Cândido Portinari, é o fundador e diretor-geral do Projeto Portinari. É matemático, com doutorado em engenharia de telecomunicações. Foi premiado com o Prêmio Jabuti de Literatura na categoria “Arquitetura e Urbanismo, Comunicação e Artes”, em 2005, pelo Catálogo Raisonné da obra completa de seu pai e também com o prêmio Prêmio Sérgio Milliet, no mesmo ano. Atuou na busca pelo quadro O Lavrador de Café, roubado do Museu de Arte de São Paulo (MASP) em 2008, que foi achado sem danificações pela polícia e agentes federais. Ele pediu para reforçarem a segurança do MASP, de onde também foi roubado um quadro de Pablo Picasso.Também escreveu vários livros sobre a vida e a obra de Portinari, com destaque para o livro Menino de Brodowski.

juarez-leitao

Juarez Leitão

Juarez Leitão é cearense de Novo Oriente. Fez os primeiros estudos em sua terra natal, o Curso Primário em Nova Russas, Ce, e, pretendendo o sacerdócio, ingressou no Seminário da Betânia, em Sobral e, em seguida, no Seminário Provincial de Fortaleza (Seminário da Praínha).Conceituou-se como historiador, poeta, cronista e conferencista. Participou de vários movimentos culturais do Ceará como os grupos: “Comboio de Literatura”, “Poesia Plural”, “Espiral” e das revistas “Porão” e “Pássaro”. Pertence à Academia Cearense de Letras, à Academia Cearense de Retórica, à Academia Fortalezense de Letras e à Academia de Artes e Letras do Nordeste. É membro da União Brasileira de Escritores e da Associação Nacional dos Professores de História. Integrou o Conselho de Cultura do Estado do Ceará.

A programação é aberta aos servidores (efetivos e comissionados), terceirizados, estagiários, magistrados e seus respectivos dependentes.

Acesse AQUI a programação atualizada da Semana.

 

Fonte: Divisão de Educação Corporativa do TJCE.