Conteúdo

Magistradas alunas dos cursos de Especialização da Esmec são aprovadas no Mestrado da Esmape

As juízas de Direito Fabiana Silva Felix da Rocha e Regma Aguiar Dias Janebro foram aprovadas no Curso de Mestrado Acadêmico em Ciências Jurídicas e Direito Constitucional da Escola Superior da Magistratura de Pernambuco (Esmape), que será desenvolvido em parceria com a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (FDUL) e com o Colégio Permanente de Diretores de Escolas de Magistratura Estaduais (Copedem).
Regma Aguiar Dias Janebro é aluna do Curso de Especialização em Processo Civil e Gestão do Processo da Esmec e foi selecionada para o Mestrado em Ciências Jurídicas. Fabiana Silva Felix da Rocha possui Especialização em Direito e Processo Eleitoral pela Esmec (defendeu a monografia “Democracia e Partidos Políticos”, em 2010) e foi aprovada para o Mestrado em Direito Constitucional. Além das magistradas, vários alunos oriundos dos cursos de Pós-graduação lato sensu da Esmec têm sido, nos últimos anos, aprovados nos cursos de Mestrado em Direito da UFC e Unifor.
Além das duas Juízas, foi também aprovado para o Mestrado da Esmape outro magistrado cearense: Francisco Luís Rios Alves, juiz federal titular da 15ª Vara Federal – Seção Judiciária do Ceará. Ele é graduado em Direito pela UFC e tem Especialização em Direito Previdenciário pela PUC/MG e em Poder Judiciário pela FGV/RJ.

O anúncio dos aprovados no Mestrado foi feito nesta sexta-feira (14/10), durante o XXVI Copedem, em Porto de Galinhas, Pernambuco, pela Comissão de Seleção para o Mestrado coordenada pelo Desembargador Antônio Rulli Junior, Presidente do Copedem. O certame utilizou como critério de seleção além das notas obtidas na graduação e pós-graduação, a escolha de pelo menos um magistrado por escola da magistratura e o benefício daqueles candidatos pertencentes às escolas com maior dificuldade em realizarem cursos de mestrado, propiciando uma maior integração e desenvolvimento dos Estados.

Veja a relação dos aprovados no Mestrado em Direito Constitucional e Ciências Jurídicas.