Conteúdo

Juízes dos Polos de Aprendizagem participam de consulta sobre oferta de cursos credenciados pela Enfam

Juízes dos Polos de Aprendizagem participam de consulta sobre oferta de cursos credenciados pela Enfam

MAPA polosAlém da enquete com magistrados estaduais, sobre a preferência por cursos a serem ofertados pela Esmec, os juízes dos Polos de Aprendizagem da Escola estão sendo consultados sobre quais cursos gostariam de ver ministrados em sua comarca pela Instituição.

Estes cursos já foram credenciados pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). A validade do credenciamento expira até outubro de 2016. A intenção é que os Polos aproveitem a chancela da Enfam e ofereçam os cursos o quanto antes.

Importante salientar que, para serem credenciados, os cursos devem cumprir várias exigências pedagógicas até serem aceitos pela Escola Nacional.

Os cursos são os seguintes: Instrução Processual no Novo CPC (20 h/a), Fase Postulatória e Intervenção de Terceiros no Novo CPC (30 h/a), Dosimetria da Pena e Alternativas Penais (40 h/a), Técnicas de Interrogatório (15 h/a), Direito Registral Imobiliário e Notarial (40 h/a), Lógica e Argumentação Jurídica (15 h/a), Psicologia Jurídica e Judiciária (15 h/a), Sociologia do Direito e Antropologia Jurídica (15 h/a) e Relações Pessoais e Interinstitucionais (15 h/a).

Os juízes coordenadores dos Polos de Aprendizagem da Esmec são: Ângelo Bianco Vettorazzi (Crato), Ricardo Alexandre da Silva Costa (Iguatu), Francisco Anastácio Cavalcante Neto (Sobral) e José Hercy Ponte de Alencar (Crateús).