Conteúdo

Juiz federal Nagibe de Melo ministra palestra na Esmec nesta sexta-feira

Juiz federal Nagibe de Melo ministra palestra na Esmec nesta sexta-feira

A Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec) realiza na próxima sexta-feira (10/03), a partir das 14 horas, a palestra “Abrindo a Caixa Preta: por que a Justiça não funciona no Brasil?”, a cargo do juiz federal Nagibe de Melo Jorge Neto. O magistrado tem um livro com o mesmo título, que poderá ser adquirido durante o evento.

A palestra é aberta ao público e está inserida na programação do V Curso de Formação Inicial de Magistrados, sendo válida para a disciplina Fundamentos Sociais, Filosóficos e Econômicos do Direito.

Os interessados em uma certidão de participação no evento poderão se inscrever antes de seu início, no balcão de acesso ao auditório, devendo escrever o nome completo (legível) e o e-mail para o qual deseja que o documento seja enviado.

.

O palestrante

Nagibe de Melo foi advogado da União, procurador da fazenda nacional e, desde 2003, ocupa o cargo de juiz federal. Exerceu diversos cargos associativos, dentre os quais o de Vice-Presidente da Associação dos Juízes Federais (2010-2012). Doutor em Direito Constitucional, o magistrado dá aulas em cursos de pós-graduação, sendo também professor convidado da Esmec, Escola Superior de Administração Fazendária (Esaf) e Escola da Magistratura do Estado de Sergipe (Esmese). É autor das obras como “O controle Jurisdicional das Políticas Públicas: concretizando os direitos sociais fundamentais”, “Sentença Cível: teoria e prática” e a citada “Abrindo a Caixa Preta…”. Escreve poesia e mantém um blog literário em www.nagibejorge.blogspot.com.br.

.

A obra

Segue um texto sobre os questionamentos levantados pelo juiz Nagibe de Melo em seu livro “Abrindo a Caixa Preta…”, que está incluído na quarta capa da obra:

No Brasil, a Justiça tarda. Os poderosos muito raramente são punidos. Sonegar tributos é quase permitido. Negros, pobres e analfabetos são a maioria da população carcerária. Um processo pode demorar anos e anos. É difícil ter os próprios direitos respeitados, mas, com um pouco de astúcia, é fácil escapar aos rigores da Lei. A polícia prende, a justiça solta. Paira a sensação de que a Lei não é igual para todos. Os políticos parecem influenciar a justiça mais do que seria adequado.

Por que somos tão assustadoramente injustos? Por que o Brasil é o país da impunidade? Por que as leis não são cumpridas? Muitos dos verdadeiros problemas da justiça brasileira permanecem ocultos. O autor propõe-se a abrir a caixa preta em linguagem simples, envolvente e bem-humorada.

A visão que você, leitor, tem da Justiça, da Igualdade e da Liberdade jamais será a mesma depois que terminar de ler este livro.”

Você também pode conferir um comentário do professor Nagibe sobre esta obra no Youtube, no endereço https://www.youtube.com/watch?v=sutwdir1tlM.

.

Mais informações: (85) 3216.6188 e esmec@tjce.jus.br