Conteúdo

Inscrições abertas para o curso em EaD “Formação de Tutores no Contexto da Magistratura”

Inscrições abertas para o curso em EaD “Formação de Tutores no Contexto da Magistratura”

A Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec) realizará nos dias 5 de abril a 14 de maio o curso de formação de formadores na modalidade a distância (Ead) “Formação de Tutores no Contexto da Magistratura”. A ação educativa conta com a tutoria das formadoras Dra. Liliane Campos Machado e Esp. Rosângela Maria Evangelista de Melo.

Serão ofertadas 40 vagas, sendo 20 para magistrados(as), 13 para servidores(as) do Poder Judiciário, 02 para professores externos credenciados e 03 para outras escolas judiciais. Serão selecionados apenas aqueles que tenham concluído o Nível 1 do curso Formação de Formadores

As inscrições estão abertas através do formulário eletrônico até o dia 31 de março. Caso o número de inscritos supere o número de vagas, serão observados os critérios presentes no Regimento Interno da Esmec para seleção dos participantes.

O curso é credenciado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e tem carga-horária de 40h/a, integrando o Programa de Formação de Formadores para fins de formação pedagógica e promoção na carreira.

Sobre as formadoras:

Liliane Campos Machado: Pós-doutora em Educação pela UnB e doutora em Educação pela UFU. Professora adjunta III da Universidade de Brasília, presidente da Rede Inter-Regional sobre Docência na Educação Superior – RIDES. Formadora credenciada pela Enfam.

Rosângela Maria Evangelista de Melo: Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará e Direito pela Universidade de Fortaleza. Especialista em Psicologia Aplicada, com habilitação em Psicopedagogia e Orientação Vocacional. Coordenadora de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores e Magistrados da Esmec. Tutora na Esmec e Enfam do módulo 2. Faz parte como Formadora do ConciliaJud do CNJ. 

Conteúdo geral do curso

1ª ETAPA EMENTA: Contextualização história do EAD. Ambiente virtual no AVA. Elaboração de materiais Perfil do tutor. Docência online. 

  • Contextualização e histórico da EAD no mundo e no Brasil 
  • Contexto histórico 
  • Gerações da EAD 
  • Limitações e possibilidades do processo formativo via EAD 
  • Questões socioafetiva na mediação em EAD 
  • Ambientes Virtuais de Aprendizagem
  • Introdução a ambientes virtuais de aprendizagem 
  • Moodle como AVA – apresentação dos recursos 
  • Prática acompanhada sobre os recursos do moodle 
  • Elaboração de Materiais para EAD 
  • Perfil do aluno, atuação e responsabilidade 
  • Material Escrito Impresso e Digitalizado
  • de Aprendizagem e Material Didático 
  • Características do Material Didático Escrito para EaD
  • Estrutura e Organização do Material Di 
  • Ser formador em EAD 
  • O papel do tutor, atuação e responsabilidade
  • Atribuições do tutor em cursos a distância
  • A atuação do tutor a favor da aprendizagem do aluno
  • A mediação tutor/cursista
  • Tutoria, feedback e avaliação nos cursos a distância
  • Desafios do tutor frente às novas metodologias ativas em cursos a distância
  • Como planejar a ação do tutor – plano de tutoria 
  • Serão disponibilizados arquivo de textos, vídeos, e-mails, fóruns.

2ª ETAPA Ementa: Elaboração do plano de tutoria para EAD.

Unidade I 

Instrução Normativa: Credenciamento de cursos oficiais, voltado para o ensino a distância. 

Unidade II 

Construção dos objetivos geral e específicos e o desenvolvimento das unidades. Orientação individualizada para elaboração final do plano de tutoria.

Atuação e responsabilidade do tutor em EAD 

Abrir o Fórum de discussão com questão instigante que fomente a reflexão e incentive a participação. Acompanhar e direcionar as discussões por meio de sínteses e feedbacks parciais e gerais. Apresentar textos de apoio. Encerrar o fórum e avaliar as contribuições de cada aluno segundo critérios comunicados no próprio fórum. 

Atuação e responsabilidade do aluno em EAD 

Assistir a videoaula, ler o material disponibilizado, fazer as pesquisas e participar ativamente do fórum de discussão, apresentando suas ideias sobre a temática proposta, de acordo com a fundamentação teórica apresentada e de acordo com os critérios estabelecidos para participação no fórum.