Conteúdo

Inscrições abertas para o curso “A Mulher Juíza: desafios na carreira e atuação pela igualdade de gênero”, em Brasília

Inscrições abertas para o curso “A Mulher Juíza: desafios na carreira e atuação pela igualdade de gênero”, em Brasília

Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados Ministro Sálvio de Figueiredo Teixeira (Enfam), em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat), está ofertando o curso de formação continuada “A Mulher Juíza: desafios na carreira e atuação pela igualdade de gênero”, que acontecerá nos dias 15 a 17 de maio de 2019, na sede da Enfam, em Brasília – DF.

O curso tem como público-alvo magistrados federais e estaduais de todos os estados da Federação e terá uma carga horária de 21 h/a.

As inscrições estão abertas até o dia 10 de abril e deverão ser realizadas através do formulário eletrônico.

O preenchimento das vagas ocorrerá mediante indicação dos tribunais ou aprovação em processo seletivo da Enfam, para o qual poderão concorrer magistradas (de tribunais de justiça e tribunais regionais federais) que possuam formação em matéria relacionada à mulher ou atuem em questões jurisdicionais ou institucionais também associadas à temática do curso.

A ação formativa busca possibilitar o reconhecimento do cenário de gênero, no que se refere aos ramos do Poder Judiciário, focando questões relacionadas à carreira das mulheres na magistratura. Além disso, objetiva-se analisar os resultados da pesquisa “Cenários de Gênero” no âmbito do Poder Judiciário, realizada pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias, buscando elementos para o aperfeiçoamento de estratégias institucionais.

Os candidatos que tiverem suas inscrições confirmadas por meio do processo seletivo da Enfam e que não residem no Distrito Federal terão as passagens aéreas e diárias concedidas pela Enfam, limitado o valor da diária a R$ 400,00 por dia de afastamento. As diárias se destinam ao custeio das despesas de hospedagem, transporte e alimentação em Brasília. As despesas de magistrados indicados pelos tribunais serão custeadas pelo respectivo tribunal ou pelo próprio participante.

Para mais informações, acesse o site da Enfam.