Conteúdo

I Encontro “Diálogos pela Paz, Segurança e Cidadania” na Esmec prossegue hoje com grande participação do público

I Encontro “Diálogos pela Paz, Segurança e Cidadania” na Esmec prossegue hoje com grande participação do público

O Fórum de Reconstrução Social realiza, nos dias 26, 27 e 28 de novembro de 2015, o I Encontro “Diálogos pela Paz, Segurança e Cidadania”.

Fotos Des Dr Aluisio e Caligaris
Des. Paulo Ponte, Juiz Aluisio Gurgel e Prof. Calligaris

A abertura ocorreu ontem (27/11), às 19h, com palestra do escritor, psicanalista e dramaturgo italiano radicado no Brasil Contardo Calligaris. Calligaris é colunista da Folha de S. Paulo. Sua primeira formação foi em Epistemologia Genética, na Suíça, numa faculdade em que Jean Piaget palestrava. Nesse momento, os estudos de Calligaris foram direcionados às ciências sociais. Ao mesmo tempo, fez graduação em Letras que o permitiu ensinar teoria da literatura.Mais tarde, em Paris, se dedicou ao doutorado em Semiologia, com Roland Barthes.Nesse momento, começou a fazer análise (como paciente), o que, a princípio, não tinha relação com sua formação. A partir dessa experiência passou a interessar-se por Psicanálise. Tornou-se membro da Escola Freudiana de Paris em 1975. Durante esse período, frequentava as apresentações de casos de pacientes feitas por Jacques Lacan. Doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de Provença (França), onde defendeu a tese “A Paixão de Ser Instrumento”, estudo sobre a personalidade burocrática. Professor de Antropologia na Universidade da Califórnia em Berkeley (Estados Unidos), e de Estudos culturais na New School of New York.

Contardo-Calligaris
Contardo Calligaris palestrou na abertura do evento

As inscrições são  gratuitas e abertas ao público em geral, podendo ser feitas diretamente no local do evento, que que está sendo realizado na sede da Escola da Magistratura (Esmec), situada à Rua Ramires Maranhão do Vale, nº 70 – Bairro Água Fria. Embora as inscrições pelo site já estejam encerradas, ainda é possível inscrever-se presencialmente, na abertura do evento que acontece hoje (26/11), a partir das 19h.

As vagas são limitadas.

FOTOS DO EVENTO DIALOGOS PELA PAZ 087

O evento prosseguiu hoje, com exposição de Alba Zaluar, pesquisadora do Rio de Janeiro, autora da obra “Integração Perversa: pobreza e tráfico de drogas“. Alba é professora aposentada da Universidade Estadual de Campinas e professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde coordena o Núcleo de Pesquisas das Violências (NUPEVI), localizado no Instituto de Medicina Social, seguida de debates com a participação do magistrado  Marcelo Roseno de Oliveira e do advogado Djalma Pinto.

Alba Zaluar
Alba Zaluar faz exposição e participa de debates

 

Vários setores da comunidade têm participado ativamente dos debates com os convidados e hoje (27/11) à tarde o evento recebe um público estimado em mais de 400 (quatrocentos) participantes, entre magistrados, servidores públicos, lideranças comunitárias, policiais, professores, psicólogos, assistentes sociais, educadores e estudantes universitários de diversas instituições de ensino superior.

O evento tem se revelado uma oportunidade ímpar para discussão da questão da violência e os meios para enfrentá-la.

Foto Dr Cezar e Dra Luciana
Juízes Cezar Belmino e Luciana Teixeira, dois dos curadores do evento

A curadoria do evento ficou a cargo dos magistrados estaduais Luciana Teixeira de Souza e Cézar Belmino Barbosa. Também atuam curadores do evento José Cláudio Souto Justa, mariana de Alencar L. T. Posses e Clícia Marques Weyne.

Acesse aqui o folder com a programação completa do evento.

Mais informações: (85) 3218-6188.