Conteúdo

Fortaleza recebe Congresso de Comunicação da Justiça

Comunicação, justiça, transparência, acessibilidade, ética no serviço público são pontos na pauta do VIII Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça (Conbrascom/2012), que acontece em Fortaleza, de 27 a 29 de junho, no Centro Cultural do Parlamento Cearense, no Anexo II da Assembleia Legislativa do Ceará.
Com o tema geral “Justiça em Comunicação”, o evento é promovido pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça (FNCJ), com o objetivo de estimular o desenvolvimento de uma política de comunicação que esclareça o cidadão e contribua para a democratização das instituições e o acesso à Justiça.
Durante o evento, será feita a entrega do Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, instituído para reconhecer os melhores produtos e iniciativas das Assessorias de Comunicação nos órgãos do Judiciário, Ministério Público, Defensorias, Tribunais de Conta e entidades de classe do setor.
A programação do Congresso começa às 8h do dia 27, com o credenciamento dos participantes. Após a solenidade de abertura, às 9hj, será proferida a conferência “Justiça, Comunicação e a Fórmula da Inovação”, por Luciano Pires, executivo de marketing de uma empresa multinacional por 26 anos, e autor de livros como “O Meu Everest”, “Brasileiros Pocotó” e “Nóis…qui invertemo as coisa”. Seu sexto livro, “Diário de um líder”, já na editora.
Além de Luciano, o Congresso contará, em suas palestras e debates, com a participação de profissionais renomados em suas áreas de atuação. Dentre eles estarão a jornalista e professora emérita da Universidade Federal do Ceará, Adísia Sá; o presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcante; o procurador da República Cláudio Chequer; o editor do site Consultor Jurídico, Márcio Chaer; o jornalsta Flávio Paiva, do jornal Diário do Nordeste; o secretário de Finanças de Fortaleza, Alexandre Cialdini; o advogado Djalma Pinto; o coordenador de Comunicação Social do Senado Federal, jornalista Fernando Cesar Mesquita; e o juiz de Direito Marcelo Roseno, ex-presidente da Associação dos Magistrados do Ceará.
O jornalista Moacir Maia, presidente do Fórum Nacional de Comunicação e Justiça – FNCJ, afirma que “a realização do CONBRASCOM tem estimulado, ano a ano, o desenvolvimento de uma política de comunicação voltada, não só para esclarecer o cidadão mas, sobretudo, para a contribuição efetiva da democratização da informação no âmbito das instituições, além do acesso à Justiça”.
O FNCJ é uma instituição sem fins lucrativos, fundada em março de 2002, cujo objetivo é ampliar o debate sobre a comunicação na Justiça, envolvendo juízes, procuradores, promotores, jornalistas, publicitários, organizações governamentais e não-governamentais, bem como a sociedade civil, de forma a construir organizações onde a comunicação esteja a serviço do cidadão.

Confira a programação completa do Congresso em: http://www.conbrascom.org/
Mais informações: Moacir Maia – Presidente do FNCJ – Fórum Nacional de Comunicação e Justiça – (fone: 85 9984 6440)