Conteúdo

Esmec promove transmissão ao vivo sobre vulnerabilidade social das mulheres durante crise

Esmec promove transmissão ao vivo sobre vulnerabilidade social das mulheres durante crise

A crise global provocada pela pandemia do novo coronavírus expôs e agravou as vulnerabilidades dos grupos minoritários. Almejando gerar reflexão sobre como a crise na saúde pública impacta diretamente a vida de mulheres e os desafios à superação desse estado de desigualdade, a Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec) realizará no dia 17 de abril (sexta-feira) a palestra online “Repercussões da crise para vulnerabilidade social das mulheres”, com a professora Juliana Diniz. 

Em sequência ao objetivo da Escola de não interromper a disseminação do conhecimento em razão do contexto de isolamento social, a ação educativa será realizada através de transmissão ao vivo (live) no perfil da Esmec no Instagram (@esmectjce), às 14h. Interessados em emitir certificação digital poderão se inscrever através do formulário eletrônico

Doutora em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e professora adjunta da Universidade Federal do Ceará, Juliana Diniz explica que dentre os problemas gerados, estão: o aumento dos índices de violência doméstica, a interrupção do cumprimento das obrigações alimentares, a ausência de políticas assistenciais efetivas voltadas às mães chefes de família, os impactos da suspensão das atividades escolares para as mães que trabalham, entre outros.

As palestras online realizadas anteriormente já estão disponíveis no Canal da Esmec no Youtube: