Conteúdo

Esmec Artes 2020 (26/11): Apresentação da obra “Recordações do escrivão Isaías Caminha”, filme “Catarmos Nós” e apresentação “Do Cordel ao cinema, o Direito é sempre um bom tema”

Esmec Artes 2020 (26/11): Apresentação da obra “Recordações do escrivão Isaías Caminha”, filme “Catarmos Nós” e apresentação “Do Cordel ao cinema, o Direito é sempre um bom tema”

O Esmec Artes 2020 promove atrações envolvendo música, teatro, cinema, fotografia, dança, literatura e artes plásticas. No quinto dia de evento, 26 de novembro, às 14 horas, a  Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec), receberá os professores Nelson Camatta Moreira e a debatedora Márcia Sucupira Viana para apresentar e debater a obra “Recordações do escrivão Isaías Caminha”, de Lima Barreto.

A obra literária é o primeiro romance do escritor brasileiro, que narra a história de Isaías Caminha, um jovem pobre do interior que sonha em ser “doutor” para melhorar de vida. Na sua trajetória, o personagem principal encontra diversas dificuldades pela sua cor, revelando o racismo incorporado na sociedade.

Sobre os participantes:

Nelson Camatta Moreira: Pós-doutoramento em Direito pela Universidad de Sevilla (bolsa CAPES). Pós-doutoramento em Direito em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Doutor em Direito pela Unisinos, com estágio anual na Universidade de Coimbra. Mestre em Direito pela Unisinos. Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu (doutorado e mestrado) e da graduação em Direito da Faculdade de Direito de Vitória (FDV-ES). Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Teoria Crítica do Constitucionalismo, da FDV. Líder do Grupo de Estudos Direito e Psicanálise (FDV-ES/Escola Lacaniana de Psicanálise de Vitória). Profesor Invitado, adjunto al Programa Academic Visitor de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Membro do grupo de Investigación Antagónicos de la Facultad de Derecho de la Universidad de Sevilla. Presidente e membro Honorário da Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL). Coordenador do Projeto de Extensão Café, Direito e Literatura (FDV-ES).

Márcia Sucupira Viana: Mestre em Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará. Especialista em processo lato sensu pela Universidade Federal do Ceará. Graduada em Direito pela Universidade de Fortaleza. Associada Efetiva do Instituto dos Advogados do Ceará (IAC). Sócia Proprietária da empresa CUP – Centro de Upgrade Profissional. Acadêmica Fundadora da Academia Cearense de Cultura (ACECULT). Professora do ensino superior em Direito. Sócia Fundadora do Instituto Brasileiro de Direitos Culturais (IBDCULT). Autora dos livros DOC R., (2006), O I Sistema de Cultura do Município de Fortaleza (2009) e Tessituras, em contos, crônicas, poesias e imagens. (2010) , A Princesinha Prendada (2014) e João Sem Braço 2018 (prelo). Vice-Presidente da Comissão de Direitos Culturais da OAB/CE. Conselheira do Conselho Municipal de Proteção ao Patrimônio Cultural (COMPHIC). 

No mesmo dia, às 16 horas, acontece a exibição e o debate sobre o filme “Catarmos Nós”. Estarão presentes os debatedores Igor de Moraes Paim e Charliany Moraes. O curta-metragem retrata a história da organização e formação dos catadores através de associações e cooperativas.

Sobre os debatedores:

Igor de Moraes Paim: Doutor em Educação (UNESP-Marilia). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática (UFC). Licenciado em Ciências Biológicas (UECE) e Bacharel em Direito (UFC). Professor efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (Campus Maranguape), onde também responde em sua gestão pela Coordenação de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação. Participa de grupos de pesquisa no campo da educação e é líder do Grupo de Pesquisa em Enriquecimento Escolar e Promoção Cognitiva.

Charliany Moraes: Diretora Presidente da Coopmares- Coperatova dos Catadores de Materiais Recicláveis de Fortaleza e Região Metropolitana. Catadora de Materiais Recicláveis Associada e vice secretária da diretoria da Associação Agentes Ambientais Rosa Virginia (2009-2015). Secretaria da Rede Estadual dos Catadores de Resíduos Sólidos e Recicláveis do Estado do Ceará (2011-2015). Participante na Comissão Nacional do MNCR – Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (2011-2016). Agente de Desenvolvimento de Empreendimentos Econômicos Solidário na CÁRITAS Regional – Ceará (2012- 2016). Beneficiada nos Projetos Cataforte I e III. (Associativismo/Cooperativismo/Redes Solidárias. Apoio Técnico e Operacional na FASTEF.

Para encerrar a programação do penúltimo dia do Esmec Artes 2020, a Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará (Esmec), promove a apresentação “Do Cordel ao cinema, o Direito é sempre um bom tema”, com o juiz federal Marcos Mairton da Silva.

As atrações serão transmitidas ao vivo no canal Esmec TJCE no Youtube. Os eventos virtuais acontecem durante toda a semana, para conferir a programação completa da terceira edição do Esmec Artes 2020 clique aqui.

Para se inscrever nessas e nas demais atrações, basta preencher o formulário eletrônico. Os inscritos que registrarem presença nos eventos terão direito à certificado de participação emitido pela Esmec.

Sobre o apresentador:Marcos Mairton da Silva: Juiz Federal, escritor, poeta e compositor. Graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza e Mestre em Direito (Direito e Desenvolvimento) pela Universidade Federal do Ceará e MBA em Poder Judiciário pela FGV-RIO.