Conteúdo

Porto Alegre sedia “Congresso Internacional Alienação Parental – Um novo tempo: A informação transformando vidas”, de 3 a 4 de abril

O evento, que integra a Semana Nacional de Conscientização da existência da Alienação Parental, acontece nos dia 03,04 e 05 de abril, na sede da OAB/RJ (Av. Marechal Câmara, 150 – 9º andar).

Com o apoio da Escola Superior da Advocacia da OAB/RS (ESA), a seccional do Rio de Janeiro da OAB (OAB/RJ), em parceria com a Associação Brasileira Criança Feliz (ABCF), promove, nos dias 03, 04 e 05 de abril, na sede da OAB/RJ (Av. Marechal Câmara, 150 – 9º andar), o III Congresso Nacional e I Congresso Internacional Alienação Parental – Um novo tempo: “A informação transformando vidas”.

O evento, que integra a agenda de aniversário da Associação Brasileira Criança Feliz e da “Semana Nacional de Conscientização da existência da Alienação Parental”, reunirá renomados estudiosos brasileiros e estrangeiros dos temas: Alienação Parental, Guarda Compartilhada e Mediação Familiar.

Os interessados em participar poderão fazer a inscrição através do site da OAB/RJ (para acessar o site, clique aqui), de 27 de janeiro a 25 de março. O valor da taxa de inscrição será de: R$ 350, para estudantes (até 01/03) e R$ 450 (a partir de 02/03); R$ 450, para profissionais (até 01/03) e R$ 550 (a partir de 02/03).

O pagamento poderá ser feito à vista ou em 3x, com parcelas de 3: 1 + 2 (a última parcela deverá ser até 30/03).

Ao fim do evento, os interessados poderão retirar o certificado de conclusão correspondente a 18 horas/aula.

 

Programação:

 

03 de Abril (Quinta-feira)

 

18h00 – Credenciamento

19h00 – Abertura do Congresso (Pres. OAB/RJ e Pres. ABCF e convidados)

19h20 – Palestra “A informação transformando vidas” ( Ministra Nancy Andrighi)

20h00 – Coquetel e lançamento de livros

 

04 de Abril (Sexta-feira)

 

08h30 – Alienação Parental e Escala de AP (Jorge Trindade – Psicólogo)

09h00 – A Efetividade da Lei AP (Katia Maciel – Promotora de Justiça/RJ)

09h30 – Aspectos Processuais (Fredie Didier)

10h00 – Avanço x Retrocesso (Maria Berenice Dias)

11h15 – A criança vítima de AP (Glicia Brasil – Psicóloga – TJ/ RJ)

11h45 – Quando e como ouvir a criança e a elaboração de Laudos e Pareceres (Andreia Calçada)

12h15 – O olhar do judiciário frente à AP (Raquel Chrispino)

14h00 – A “falsa” denuncia e o Inquerito Policial / Lei maria da Penha (Patricia Pimentel – Promotora)

14h30 – Como não vitimar a criança – depoimento especial (Sandro Espínola – Juiz TJ/ RJ )

15h00 – A pericia médica (Carlos Simões – Médico Perito IML/ RJ)

16h15 – A perspectiva em Portugal (Sandra inês Feitor – Jurista – Portugal)

16h45 – Depoimento – Modesto Mendes – Autor do livro A história do amor- Portugal

 

 

05 de Abril (Sábado)

 

08H30 – A Lei e o Judiciário (Rodrigo – IBDFAM/ MG)

09h00 – A guarda compartilhada (Cristiano Chaves)

09H30 – A aplicação da lei da guarda compartilhada e suas controversas (Andreia Pachá)

11h00 – Mediação de Conflitos na perspectiva da AP (Fernanda Molinari)

11h30 – A responsabilidade do Advogado na AP (Ana Gerbase)

12h00 – Um olhar diferenciado: A prevenção (Rosilea Palheiro – TJ/ RJ)

14h00 – Como prevenir (Guilherme Calmon)

14h30 – Como salvaguardar a Criança (Marcelo Santonro/RJ)

15h00 – Legislação (Carmen Tiburcio)

16h00 – A perspectiva na Argentina (Maria Fontemachi – Magistrada/ AG)

16h30 – Eduardo – desembargador/AG.

17h00 – A perspectiva no Paraguay (Vera Gomes – Psquiatra – Paraguay)

18h00 – Encerramento

 

 

Fonte: OAB/RS