Conteúdo

Enfam atende solicitação de escolas judiciais e disponibiliza compartilhamento de cursos a Distância

Enfam atende solicitação de escolas judiciais e disponibiliza compartilhamento de cursos a Distância

Atendendo a um pleito da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) e de outras escolas judiciais, a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) passa a oferecer para essas instituições o compartilhamento de cursos elaborados pela própria Enfam.

Em breve a Esmec estará informando aos magistrados estaduais sobre a oferta de novos cursos a distância por parte da Escola, a partir da disponibilidade do material da Enfam, cujas inscrições serão feitas pelo e-mail esmec@tjce.jus.br. Aguardem.

.

Serviço

O novo serviço e as orientações para utilização dele estão disponíveis no portal da Escola, na área de Ensino a Distância. Nesse ambiente, o usuário encontrará informações sobre como solicitar o serviço; a disponibilidade dos arquivos; os critérios de responsabilidade da Enfam e das Escolas; os formulários de inscrição e de feedback; bem como os contatos para comunicação de eventuais problemas técnicos na operação do sistema.

O compartilhamento será por meio da oferta de arquivos no formato .mbz, que deverão ser restaurados nos próprios ambientes virtuais de aprendizagem de cada instituição. As escolas interessadas na realização dos cursos compartilhados deverão preencher o formulário de inscrição e aguardar contato da Enfam.

O serviço foi instituído a partir das proposições apresentadas durante o III Encontro Nacional de Diretores e Coordenadores Pedagógicos das Escolas Judiciais e de Magistratura, e tem por objetivo otimizar os recursos para o desenvolvimento de cursos de formação continuada na modalidade de ensino a distância.

Disponibilidade 

Os arquivos estarão disponíveis no endereço ead.enfam.jus.br pelo prazo de 15 dias. Não haverá custos para as escolas judiciais e da magistratura na realização do download dos cursos elaborados pela Enfam. No entanto, os custos de execução ficarão a cargo das escolas interessadas em desenvolver os cursos em suas plataformas.

Clique aqui e acesse as demais orientações na página de “Compartilhamento de Cursos a Distância”.

.

Com informações do site Enfam.