Conteúdo

Eficiência de magistrados e das unidades judiciárias foi tema de debate no Grupo de Pesquisa da Esmec

Eficiência de magistrados e das unidades judiciárias foi tema de debate no Grupo de Pesquisa da Esmec

sergio 3
Sérgio Mendes é professor da Esmec.

Na tarde da última sexta-feira (17/06/16), Sérgio Mendes de Oliveira Filho, professor da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) e servidor do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), comandou um debate sobre “Medição da eficiência de magistrados e de unidades judiciárias no Ceará: o sistema Eficiência.jus”.

O evento foi promovido pelo Grupo de Pesquisa “Dimensões do Conhecimento do Poder Judiciário”, que vem se reunindo às sextas-feiras, a partir das 16h, para discutir resultados de pesquisas (em andamento ou concluídas), sobretudo na área jurídica, apresentados por professores da Esmec ou convidados.

A temática abordada no último encontro foi fruto de um trabalho científico desenvolvido pelo palestrante, juntamente com os professores (e também servidores do TJCE) Kátia Michelle Matos de Oliveira e Leonel Gois Lima Oliveira, transformado em artigo científico e apresentado no VI Congresso Consad (Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração) de Gestão Pública, realizado em Brasília. (Acesse aqui o artigo na íntegra)

sergio 2O Eficiência.jus, conforme explicou Sérgio Mendes, é um sistema de apoio à decisão, que permite medir a eficiência de unidades judiciárias (varas, gabinetes) e de magistrados, fundamentado na metodologia matemática “Análise Envoltória de Dados” (DEA). O Eficiência.jus foi desenvolvido pelo TJCE com o objetivo de produzir informações estatisticamente tratadas, visando a auxiliar a tomada de decisões dos gestores e também servir como um suporte objetivo nos processos de promoções das carreiras dos juízes estaduais.