Conteúdo

Desembargador Heráclito Vieira abre curso sobre Direito à Saúde

Desembargador Heráclito Vieira abre curso sobre Direito à Saúde

Destacando a importância da discussão sobre judicialização da saúde e a necessidade dos magistrados estarem inteirados sobre assuntos médicos, para o melhor deslinde de ações nesta área, que nos últimos anos têm chegado em grande quantidade à Justiça estadual, o desembargador Heráclito Vieira de Sousa Neto, Diretor da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), abriu, na manhã de hoje (08/05), o curso básico sobre Direito à Saúde.

A capacitação acontece nesta segunda e na terça-feira, de 8 às 18 horas, no auditório da Esmec. Tem carga horária de 20 h/a e está credenciada junto à Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

Destinado a magistrados, membros do Comitê Executivo da Saúde e demais interessados, o curso foi iniciado na manhã de hoje com uma palestra sobre Judicialização da Saúde, ministrada pelo juiz federal George Marmelstein Lima.

  Juiz George Marmelstein, Des. Heráclito e juíza Helga Medved.

O doutor Marmelstein vem se debruçando há muito tempo sobre o tema, e tem um importante blog em que ele fala não só sobre direito à saúde, mas também sobre outros direitos fundamentais, e de direitos humanos. Sugiro que todos acessem esse blog, pois é de grande utilidade para todos que tratam dessas questões”, afirmou o desembargador Heráclito, acrescentando que, desde que assumiu a direção da Esmec, tem procurado trazer questões de grande interesse para o direito e para a sociedade como um todo. “Nosso objetivo é que a Escola seja um local de debates, respeitando-se sempre o contraditório e a divergência.”

A juíza Helga Medved, organizadora do curso e coordenadora do Comitê Executivo da Saúde, também destacou a necessidade dos juízes que lidam com processos na área de saúde participarem de cursos e palestras, como os que a Esmec vem ofertando. “Todos os problemas presentes nas ações sobre saúde, que chegam às nossas varas, nós procuramos trazer para esse curso. Precisamos mergulhar nessa área médica para sabermos como ela funciona”, frisou.

O juiz Marmelstein traçou, inicialmente, um panorama sobre a judicialização da saúde no País, com destaque para as ações de pacientes que exigem do Estado o fornecimento de medicamentos. Depois explicou como se dão a tramitação e as decisões na Justiça e, por fim, apresentou dicas sobre como os magistrados poderão enfrentar e solucionar essas demandas na área.

     Médico Hermano Lima.

Outros debates

O curso prossegue na tarde desta segunda-feira com uma palestra sobre “Medicina Baseada em Evidências”, ministrada pelo médico Hermano Alexandre Lima Rocha, integrante da comissão de incorporação de tecnologia do SUS no Ceará.

Em seguida, falará sobre “Oncologia” o médico Markus Andret Cavalcante Gifoni, membro da Câmara Técnica de Oncologia do Cremec e da Associação Brasileira de Oncologia.

Na terça-feira (09/05) acontecerão duas palestras:

De 8 às 12 horas – “Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME)”, a cargo de Andrea Bergamini, enfermeira especialista em OPME;

De 14 às 18 horas – “Unidade de Terapia Intensiva”, palestra do médico Mozart Rolim, coordenador da Central Integrada de Leitos do Ceará.