Conteúdo

Coordenador do Curso de Especialização em Direito Público da Esmec apresentará trabalho no Congresso Internacional de Antropologia

Prof. Dr. Edilson Baltazar em uma de suas participações nas bancas de defesa de monografia da Esmec.
Prof. Dr. Edilson Baltazar em uma de suas participações nas bancas de defesa de monografia da Esmec.
O Prof. Dr. Edilson Baltazar Barreira Junior – coordenador do Curso de Especialização em Direito Público da Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) e membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e do Conselho Editorial da Revista Díke, desta Escola, além de chefe da Divisão de Recrutamento e Desenvolvimento de Pessoal do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) – apresentará o trabalho científico “Por uma Antropologia do Corpo Enfermo: a morte como dádiva no filme ‘Gritos e Sussurros’, de Ingmar Bergman”, no XVIII Congresso Internacional de Antropologia Iberoamericana – Estética, Cultura e Poder. O evento será realizado de 29 a 31 de março, em San Luis de Potosí (México).
Na edição desta sexta-feira (16/03) do Diário da Justiça foi publicada a Portaria nº 07/2012, assinada pelo Diretor da Esmec, Desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, liberando o professor para o Congresso. A publicação foi uma exigência da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes), que fornecerá ajuda de custo para o servidor participar do evento. Portanto, a viagem ocorrerá sem custos para o TJCE.

Veja todas as informações sobre o Congresso no site http://ciai.uaslp.mx/default.htm.