Conteúdo

Câmara Municipal outorga Medalha Paulo Freire à professora Ana Maria Iório, dos cursos de Especialização da Esmec

A Câmara Municipal de Fortaleza realiza nesta quinta-feira, 19, às 19h30, a 15º edição da entrega da Medalha Paulo Freire à professora Ana Maria Iório Dias, que ministrou disciplina sobre Metodologia do Ensino nos cursos de pós-graduação lato sensu da Esmec, ao professor Sérgio Bezerra e Silva Neto, ao Professor Edgar Linhares Lima e à professora Helena Serra Azul Monteiro. O objetivo é homenagear os profissionais que se destacaram em prol da educação na Capital.
A Medalha Paulo Freire, comenda máxima da educação da cidade, foi instituída em 1998 e é concebida apenas à três personalidades ou entidades, escolhidas pela Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Lazer da CMFor, que se destacaram em favor da educação em Fortaleza. Neste ano houve empate técnico entre dois possíveis homenageados, então optou-se pela entrega da Medalha para quatro personalidades.

Perfil dos homenageados

Ana Maria Iório Dias: Graduada em Licenciatura e Bacharelado em Psicologia, pela UFC (1981); Mestrado e Doutorado (1990 e 1998, respectivamente) em Educação, também pela UFC; Pós-doutorado (2009) em Educação, na UnB. É, atualmente, Professora Associada 4 da UFC. Foi conselheira do Conselho Estadual de Educação do Ceará, na Câmara de Educação Básica, da qual foi presidenta de setembro de 2009 a junho de 2010. “A professora Iório tem um currículo extraordinário e enormes contribuições à educação, é com muito orgulho que anunciamos também este nome entre os agraciados”, diz Evaldo.

Helena Serra Azul Monteiro: É medica com pós-doutorado na Universidade de Kentucky (EUA), professora e pesquisadora da UFC. Participa do Comitê Gestor do Instituto de Bio-Medicina do Semi-Árido Brasileiro aprovado pelo CNPq. “Foi presidenta da ADUFC, tem uma contribuição extraordinária para o ensino de Medicina, uma vasta produção acadêmica. Viúva do Chico Passeata, presa política, torturada durante a Ditadura”, diz Evaldo.

Sérgio Bezerra e Silva Neto: Formado em Geografia pela UFC, em julho de 1981, e com cursos de Especialização em Análise Ambiental Urbana (UECE – 1995), Especialização em Gestão Pública (UECE-1998), Especialização em Formação do Gestor Escolar (FA7-2005). Foi eleito pela comunidade escolar para o cargo de Diretor Escolar da Escola de 1º Grau Félix de Azevedo nos anos de 1995, 1999 e 2005. “Professor Sérgio é um nome muito representativo também do movimento sindical. É um dos nomes históricos da APEOC”, avalia Evaldo.

Edgar Linhares: Foi professor dos cursos de Letras e Psicologia da UFC, Diretor do Instituto Viana (São Paulo), assessor da Secretaria Geral do MEC (1979-1983), professor adjunto de Métodos e Técnicas em Educação da UECE. Foi vice-presidente do Conselho de Educação do Ceará, presidente da Câmara de Educação Infantil de Ensino Fundamental. “Dispensa qualquer apresentação. Foi um dos pesquisadores inovadores sobre o papel da escola na formação dos jovens, fugindo de modelos tradicionais de comportamento social e escolar baseado no castigo. Um dos nomes mais extraordinários da educação no Ceará”, diz Evaldo.

Fonte: site da Câmara de Fortaleza