Conteúdo

Ansiedade, medo, estresse e qualidade de vida foram os temas desta manhã de sexta-feira, no IV EMC

Psiquiatra Ana Beatriz.
Psiquiatra Ana Beatriz.
As palestras na manhã desta sexta-feira (18/10), no IV Encontro da magistratura Cearense (EMC), ficaram a cargo de Ana Beatriz Barbosa, psiquiatra e escritora, que discorreu sobre “Ansiedade e medo no cotidiano”; e Marilda Novaes Lipp, psicóloga, que falou de “Stress e qualidade de vida no Poder Judiciário – qual é o limite?”.
Ana Beatriz é autora de oito livros na área da Psicologia, entre os quais “Mentes Perigosas: O psicopata mora ao lado”. Marilda Lipp é Pós-Doutorada em Estresse Social pelo National Institute of Health – EUA.
Ao final das palestras matinais, foi aplicado um questionário que objetiva diagnosticar o nível de estresse dos magistrados cearenses. Brincando com a plateia, Ana Beatriz disse que, se algum questionário revelar que o juiz não tem estresse, “eu vou ficar muito preocupada, pois estarei diante de um psicopata”, justificando que, no mundo agitado de hoje, toda pessoa (“Sobretudo os magistrados”) tem algum grau de estresse. “O problema é em que nível ele está”, alertou.
Paralelo às palestras no auditório da Esmec, em seu pátio interno foram realizadas sessões de massoterapia e relaxamento, a cargo de especialistas. No hall de entrada da Escola, estão expostos trabalhos artesanais confeccionados por ex-presidiários que trabalham na Fábrica Escola, projeto de responsabilidade da Fundação Deusmar Queirós.

Especialistas promovem sessões de massoterapia.
Especialistas promovem sessões de massoterapia.

Trabalhos feitos por ex-presidiários da Fábrica Escola.
Trabalhos feitos por ex-presidiários da Fábrica Escola.