Conteúdo

Magistrados prestigiam o lançamento da exposição do Arquivo Nirez

Magistrados prestigiam o lançamento da exposição do Arquivo Nirez

Na noite de sexta-feira (01/09), foi lançada pelo Diretor da Esmec, desembargador Heráclito Vieira, a exposição de fotos e objetos que compõem o arquivo do jornalista e pesquisador Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez). Prestigiaram o lançamento desembargadores e juízes de direito, além dos juízes substitutos que receberam o certificado de conclusão do V Curso de Formação e seus familiares.

São 60 reproduções de fotos da cidade de Fortaleza (prédios, praças e outros logradouros) do início do século passado e 34 objetos, a maior parte relacionada à área da comunicação (gramofones que ainda funcionam, aparelhos telefônicos, rádios, microfones, máquina fotográfica, máquina de datilografia, moviola etc.), além de discos de cera (gravações em 78 rotações).

Além das fotos e dos objetos expostos, os presentes puderam apreciar músicas brasileiras antigas, a partir da reprodução de gravações do programa Arquivo de Cera, que Nirez apresentou na Rádio Universitária.

Des. Gomes de Moura, Nirez e Des. Gladyson Pontes.

O desembargador Gladyson Pontes, Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, conheceu todo o acervo e ouviu uma música de um disco de cera, reproduzida por um Gramofone Victor (fabricado em Nova Jersey – EUA, em 1903), ao lado de Nirez e do desembargador Francisco Gomes de Moura. (Veja)

Em seu pronunciamento no auditório da Esmec, por ocasião da entrega dos certificados aos juízes do V Curso, o presidente do TJCE destacou a valiosa coletânea de fotos e objetos do acervo de Nirez, que a Escola abre à visitação pública, ressaltando que muita coisa ali exposta fez lembrar a sua infância.

A exposição estará aberta ao público até 31 de outubro de 2017, no horário de 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, no pátio interno da Esmec (Rua Ramires Maranhão do Vale, nº 70, bairro Água Fria). Informações pelo telefone (85) 3218.6188 ou e-mail esmec@tjce.jus.br.