Conteúdo

Juiz Marcelo Roseno de Oliveira (2006 – 2007)

Marcelo Roseno de Oliveira nasceu em 13 de maio de 1974, em São Paulo (Capital), filho de pais cearenses. Ainda na infância, migrou com a família para o Estado do Ceará, fixando residência em Fortaleza, onde desenvolveu seus estudos, mais especialmente no Colégio Cearense Sagrado Coração, da Congregação Marista. Com forte atuação no movimento estudantil secundarista, foi eleito em 1990 para presidir o Grêmio Estudantil José de Alencar (GJA).

Aprovado no exame vestibular, ingressou, em 1992, na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, onde iniciou seus estudos na área jurídica, transferindo-se posteriormente para o Curso de Direito da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), onde colou grau em 1995. Durante o curso superior, concluído em tempo mínimo, foi eleito para presidir o Centro Acadêmico Pontes de Miranda, e mais tarde se tornou o orador da Turma. Já Bacharel em Direito e inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil, foi convidado, em 1996, para ocupar cargo de Assessor do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, mercê de sua destacada atuação quando estagiário da Procuradoria Geral do Estado. Na assessoria do TJ, lotado no Gabinete do em. Des. José Mauri Moura Rocha, passou a conviver de forma próxima com a atividade judicante, Ã qual se afeiçoou.

Em 1997, aos 23 (vinte e três) anos de idade, foi aprovado em concurso público para ingresso na magistratura estadual, sendo nomeado em 23 de dezembro de 1998, como Juiz Substituto da Comarca de Monsenhor Tabosa, de 1ª Entrância, acumulando, ainda, as funções de Juiz Eleitoral da 93ª Zona. Naquela data, com 24 (vinte e quatro) anos de idade, se tornava um dos mais jovens juízes do Estado. Permaneceu naquela titularidade durante mais de dois anos, tendo exercido, por mais de 6 (seis) meses, as funções de Juiz Auxiliar da Comarca de Crateús, além de haver respondido pelas Comarcas de Tamboril e São Gonçalo do Amarante. Em 2001, foi removido para a Comarca de Mulungu, tendo a oportunidade de responder eventualmente pelas Comarcas de Aratuba, Itapiúna e Baturité, onde foi Diretor do Foro. Foi promovido em março de 2003, para a Comarca de Jaguaretama, de 2ª Entrância.

Ã? pós- graduado em Direito Público e Direito Processual Civil pela Universidade Federal do Ceará, obtendo o grau de especialista, e Mestrando em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza, onde atua em linha de pesquisa relacionada à Teoria da Democracia.Â É Professor Colaborador da Universidade Estadual Vale do Acaraú e da Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará, com atuação em cursos de pós-graduação lato sensu, onde ministra as disciplinas: Organização Judiciária Eleitoral; Inelegibilidades; Direito Constitucional Eleitoral e Posicionamento Estratégico do Poder Judiciário.

Desde 2002, é Professor de Direito Eleitoral em cursos preparatórios para ingresso nas carreiras jurídicas.
É um dos Vice-Presidentes da Associação Cearense de Magistrados. Em 2005, foi indicado para ser o Coordenador da Escola Superior da Magistratura do Estado do Ceará.